A Diretoria Executiva da Associação de Servidores da CAPES/MEC (ASCAPES) vem a público demonstrar indignação com a informação veiculada na última quinta-feira, 27, em matéria do Portal G1, que reproduz nota da CAPES justificando a retirada da homenagem ao patrono da educação brasileira, Paulo Freire, da plataforma criada em 2009 – disponível até então no endereço https://freire.capes.gov.br – para cadastro de currículos e inscrições de professores em cursos ofertados pelo Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (Parfor).

É inconcebível admitir que esta instituição, considerada casa de cientistas e professores no Brasil, realize ações que vão contra à sua história de valorizar os profissionais do conhecimento, por meio da formação de qualidade de professores e pesquisadores.

Mesmo que a Plataforma tenha adquirido novas atribuições não se retira um nome já consagrado. A Plataforma Lattes, a Plataforma Carlos Chagas, geridas pelo CNPq, ao passar dos anos e com aperfeiçoamentos permanecem com seus títulos recebidos na ocasião de sua criação.

Não gostaríamos que a CAPES entrasse nesse jogo falacioso de ideologia, atitudes como esta demonstram a incapacidade de olhar para as instituições, programas e ações como políticas de Estado e não de governo.

Enquanto servidores desta instituição nos sentimos desrespeitados com atitudes aparentemente banais como esta, mas que acabam por matar a nossa história, que pertence a toda a sociedade brasileira. Paulo Freire foi o mais célebre educador brasileiro, com atuação e reconhecimento internacionais. Paulo Freire ainda é o Patrono da Educação Brasileira e esse título tem razões concretas.

Sejamos respeitosos com a nossa História.

Que volte a Plataforma Freire.

#plataformafreire


Conheça mais do trabalho de Paulo Freire: https://www.paulofreire.org/jm_siteipf/noticias/617-paulo-freire-patrono-da-educacao-brasileira

http://portal.mec.gov.br/ultimas-noticias/222-537011943/17681-paulo-freire-e-declarado-o-patrono-da-educacao-brasileira

Brasília, 4 de dezembro de 2019.

Diretoria Executiva da ASCAPES – Associação dos Servidores da Fundação CAPES